Naturopatia

A Naturopatia é normalmente descrita como uma terapêutica não convencional, devido ao pensamento holístico que a rege. O caminho terapêutico segue uma observação não invasiva de partes do corpo, como a íris, língua ou unhas, mas também uma avaliação quântica de bio feedback, que incide sobre os sinais eletromagnéticos do seu organismo, e de cinesiologia, em que são analisadas reações musculares a determinados estímulos.

As técnicas de avaliação permitem encontrar desequilíbrios, a presença de microrganismos ou sensibilidade alimentar, entre outras patologias. Estas são alvo de uma terapia que pode integrar várias das seguintes técnicas:

•             Auriculoterapia – método de acupuntura aplicado em pontos específicos da orelha que refletem o equilíbrio de todo o organismo

•             Florais de Bach – utilização de essências florais para reestabelecer o equilíbrio entre corpo e mente

•             Tapping – pressão ou percussão de pontos do organismo associados a experiências negativas ou traumáticas, para libertar energia negativa acumulada

•             Exercícios Respiratórios – exercícios de modelação da respiração, de forma a influenciar mecanismos internos do corpo, em patologias como a ansiedade

A naturopatia é utilizada num grande número de situações, como anemias, alteração e desconforto do sistema digestivo, dores articulares e musculares, fadiga cronica, doenças auto-imunes, ansiedade, sinusite, rinite ou em problemas de excesso de peso e dificuldade em quebrar ciclos viciosos alimentares. Por ser natural e não invasiva, não tem contraindicações, exceto na realização da avaliação quântica por pacientes com pacemakers, devido aos estímulos eletromagnéticos.

A Naturopatia fará com que fique mais consciente, viva mais ativamente e tenha mais qualidade de vida. É, por isso, ideal para quem deseja complementar positivamente os seus tratamentos de saúde convencionais.

Falar connosco!
Enviar mensagem
Partilhe esta página